Monthly Archives: May 2011

Dialogar

Standard

Sublimar, a intensidade que dilacera as entranhas

arrebatadora fibrilação de palavras adormecidas

confesso surpersa ante o ser desiludido

mesmo assim, deixo o ombro à postos

desfazendo o mau entendido..

o ser que não existia, eis a porta

como um sulfurico arrefecer de por-do -sol

sorvo desejos carcomidos pelo tempo

deixando o parágrafo em branco

entre um só lençol.

Advertisements

Fresta

Standard

Existe um universo

entre os dormentes seqüenciais do trilho que segue

finas ranhuras de dimensões intensas que se misturam

A pujança dos acasos do por vir.

Colores densas

de uma aurora em céu escuro

ébano total de uma alma sem lar

varreduras desalinhadas da dança sem compasso

entre o fim e o começo

um lampejo de razão

festa de porta, ante vejo

o sofrer, sem perdão.