Daily Archives: May 17, 2010

Core Léxico

Standard

Um aroma estrelado esparrama

Entre os gestos deste corpo que contemplo.

Inexpugnável é a ânsia que em mim

Transborda…

Foco o pescoço ereto que ao horizonte fita os olhos

Languidamente almejo um aceno

E a súbita prolixidade do que precisa ser dito

Para que as palavras possam finalmente

Deitar entre cetim e adormecerem.

Terrivelmente vazio o léxico

Não proferido

Ainda encontra-se, ou;

Perde-se com o tempo

Que amiúde escorrega entre os dedos do metrônomo..

Queimo.

Aflitivamente queimo com a intensidade

Implacável e furiosa

Da piedade esmagadora do perdão.

Ultrapassado o limite do plausível

A postura impensável

Continua ululando o ser inexistente.

E com isso;

Sobram apenas aspas inacabadas

Entre letras carcomidas.