Daily Archives: May 16, 2010

Rubro

Standard

Parece que o destino fareja meus passos…

… e coloca-te sempre de encontro a eles.

Metáforas a fora se amontoam entre os colchetes

Enquanto uma estranha sensação de vazio

Metafisicamente me transporta para longe

Onde visualizo um pseudo-escopo de algo que podia ter sido…

Podia ter se construído

Podia facilmente ser…

Mas não foi.

Não é.

E mesmo assim;

Não finda.

Não.

O que acontece com as cores dessas notas abertas¿

Entre os gingados da canção que se monta

Pétalas rubras saltam do céu de minha boca

Para um destino inexoravelmente

Sem destinatário.

Sem.

Só.

Advertisements